first

julho 9, 2012
Mayra Caju Warren

1 comment

Moxabustão

Vou começar a mostrar pra vocês como é que eu venho me cuidando … primeiro, na categoria de Medicina Tradicional Chinesa, apresento-lhes a Moxa!

Mais ou menos uns seis meses atrás eu comprei três charutinhos iguais a esses aí do lado.

O investimento foi baixo, cerca de R$ 2,50 cada. Comprei porque a minha naturopata, acupunturista e guru Maria Helena Ortiz demonstrou em uma de suas palestras o uso da moxa na medicina tradicional chinesa. E eu gostei. E pensei, por que não tentar usar no dia-a-dia?

Comprei, mas esqueci. Esquecer, esquecer não esqueci… até tentei uma vez usar nas costas doloridas do Michael mas me assustei com as reclamações dele de uma quase queimadura! Então esqueci da moxa! Ficou lá na gaveta, com cheirinho de mofo.

Só que recentemente, depois dessa última crise de dermatite, o Jailton, terapeuta da Prehvenir, me atendeu com a moxa e mudou minha vida. Os resultados foram incríveis na recuperação da minha pele, na retomada de consciência e por isso, resolvi falar disso aqui no blog.

O que é a moxa?

O instrumento da moxabustão é a moxa queimadinha – dãããã! A moxa é um bastão ou um cone feito de artemísia seca. Sério. Só isso! E na prática funciona como uma agulha de acupuntura, uma forma de estimular pontos-chave no corpo, assim como as agulhinhas, só que com o calor localizado da moxa. Na verdade, tem um monte de jeito de aplicar. Tem agulha com moxa no final, tem pedacinho de moxa queimando em cima do umbigo, com um gengibre no meio, tem um monte de jeito de aplicar!

Eu aplico assim, ó, vê o passo a passo:

Aceso, o bastão funciona como um charuto que deve ser aproximado do ponto ao qual se deseja acrescentar energia. O copinho de barro serve pra apagar a moxa!

Propriedades terapêuticas

A moxabustão trata e previne doenças através da aplicação de calor em pontos e/ou certos regiões do corpo humano. A artemísia tem propriedades de se aquecer profundamente. Com esse calorão aplicado nos pontos ou meridianos de acupuntura, a moxa dissolve os bloqueios de energia e elimina a umidade e o frio que promovem disfunções no organismo (desequilíbrio yin-yang, vi isso aqui). Faz super bem nos tratamentos contra doenças de pele, que podem ser ocasionadas por mudança de temperatura (como a dermatite) ou problemas emocionais, stress, coisas legais que causam o bloqueio de energia no corpo.

Tem estudos milenares sobre a moxa e eu não sou terapeuta, então, fazer em casa, sem nunca ter recebido uma aplicação, ou visto alguém fazer em você, é complicado! Então, recomendo procurar um especialista e conversar sobre como usar a moxa em casa, no dia a dia!

Anúncios

julho 7, 2012
Mayra Caju Warren

no comments

Terapia Holística

Desta vez, resolvi aplicar um método diferente para tratar a dermatite. Escolhi não procurar um dermatologista.

Calma, calma… não virei hippie, nem enlouqueci. É que esta não foi a minha primeira crise de dermatite, já estou escolada nesse treco! E também porque muitas e muitas vezes a terapia alopática (medicamentos) não me ajudou de forma permanente. Usei pomadas e remédios corticóides por anos e anos e isso só me fez mal! O problema sempre voltava, cada vez mais forte!

Ensinamentos

Dentre todos os dermatologistas que eu já visitei, tirei boas lições: usar suplementos alimentares de omega 3, vitamina E, óleo de primula; usar o permanganato de potássio na limpeza das lesões; manerar no banho quente; usar sabonete neutro, hidratante (Cetaphyl); hidratar a pele com cremes também neutros, sem cheiro nem glitter!

Também já fiz exames para diagnosticar possíveis alergias, achei muita coisa que agora eu evito e me faz bem! E nessa onda desde a infância, já visitei mais de 20 dermatologistas diferentes. E tenho muito respeito pela profissão, sei que estudaram muito, mas até hoje não encontrei um médico que tratasse de verdade do problema.

Então disse não à alopatia e sim à terapia holística. Apesar de mais demorado, como não tenho dermatite em nenhum órgão vital, não tem muito perigo ir devagar cuidando do problema de forma que ele desaparecesse aos poucos e que não volte mais!

O que é a terapia holística?

A terapia holística é o cuidado com o corpo como um todo, sem fragmentar. Ou seja, ao cuidar da pele, também cuido do meu lado emocional, mental, espiritual e físico, tratando assim de mim do meu jeito, do meu contexto, me concentrando tanto na causa da doença como dos sintomas.

Por isso, a partir de hoje vocês vão ler sobre as terapias que eu ando utilizando para cuidar de mim! Acho que vão gostar assim como eu tô gostando!

E pra terminar, a primeira das terapias que rolou comigo foi o teatro! Foi estressante e calmante, uma batalha de emoções, e no final, uma explosão de felicidade! Na semana passada, fui atriz nos palcos catarinenses. E dancei minha dança afro, que me cura, que me ajuda a colocar minha expressão para fora!

Foto do grande Gilson Ruiz. Dança é expressão holística! Corpo, mente e alma!

Abaixo, um vídeo da dança!

junho 20, 2012
Mayra Caju Warren

1 comment

Como estão as minhas mãos?

Primeiro, obrigada de coração pelo carinho e apoio que venho recebendo desde que postei o desabafo e as fotos das minhas mãozinhas! Recebi muitos e-mails e mensagens! E o blog bombou! Que bom, né?!

Mas o objetivo deste post foi mostrar mais de perto como estão as minhas mãos e dividir com vocês o impacto que isso tem na minha vida diária. Estou feliz em anunciar que a maior parte das feridas já fechou e a coceira vem diminuindo.

Também estou preparando um material muito interessante sobre as terapias que venho utilizando. Acho que pode ajudar alguém que também tenha esse mesmo problema.

Mas por enquanto, divido com vocês as fotos mais recentes (tiradas no dia 17/06). Vejam:

Olha como melhorou a minha palma esquerda. Sem feridas abertas, só um pouco de eczema ainda e coceirinha leve.

As costas das mãos melhoraram um pouco do lado esquerdo e continuam mal no lado direito. Muita, muita coceira!

Mas estou muito contente com o quanto melhorou nas palmas das mãos! Viva!

Também preparei um passo a passo mostrando como eu tenho cuidado da pele machucada. Isso também pode um dia ajudar alguém!

Eu uso os produtos Cetaphil porque são especialmente feitos para pele sensível, não têm cheiro e todos os dermatologistas com quem eu já me consultei recomendam. E olha que eu já fui em muitos e muitas dermatologistas! Já o Squalene, da Anew, é um suplemento alimentar que também pode ser usado na pele. É à base de Esqualeno, extraído do Óleo de Fígado de Tubarão. Ajuda na oxigenação e hidratação da pele. Tem me ajudado muito!

Até breve!

junho 11, 2012
Mayra Caju Warren

8 comments

Uma nova etapa

É comum as pessoas falarem de “nova etapa” quando recebem uma promoção no trabalho, começam uma família, ou abrem um novo negócio. Difícil é ouvir alguém chamar de nova etapa uma retomada de um processo que se achava estar finalizado. Pois eu chamo assim este meu momento.

Há muitos meses não escrevo no Cajureba. São vários os motivos, mas pra quê perder tempo com explicações? Vamos ao que interessa: estou começando tudo de novo. Só não é do ZERO porque já aprendi metade do que precisava para vencer a batalha contra a dermatite. Então começo do CINCO. Meio caminho andado… nada mau!

Ela voltou.

Foto do dia 21 de maio de 2012. As palmas das mãos foram as áreas mais atingidas. Mas também tive lesões na lateral e nas costas das mãos e até nos dois antebraços.

Voltou com tudo, com todo o nervosismo, as bolinhas de pus, a coceira, a dor, a vergonha, a incomodação, as perguntas irritantes (“o que foi com a sua pele?”).

A dermatite voltou. Me encontrou em um dos momentos mais felizes da minha vida, agora vivendo do ladinho da praia, dançando novamente, estudando teatro, andando de bike mais do que nunca. Mesmo assim, a “mardita” voltou.

Mas por quê voltou?

Por incrível que pareça, mesmo quando a gente acerta na alimentação (confesso que cometi alguns escorregões antes de estourar a dermatite, mas mesmo assim, o motivo era outro) estamos suscetíveis a errar em outros campos.

Acontece que antes de chegar ao meu maravilhoso momento de bliss com a casa nova, o processo de mudança de casa e fechamento do verão no Crepe Soleil foram dolorosos e estressantes.

Culminou com isso uma falta de grana que me fez parar com as minhas massagens e me preocupar muito com a economia da família Warren. Enquanto isso tudo acontecia eu tocava em frente sem parar pra avaliar como eu realmente estava. Fui engolindo a vontade de gritar, de chorar, de receber ajuda. Essa bomba-relógio um dia tinha de estourar. E foi assim que dois meses depois ela estourou.

Mas é possível isso?

É. Na verdade, é bem comum. Alguns meses depois de um evento estressante o corpo demonstra os sinais do estrago. Isso acontece com diversas doenças de cunho psicosomático. Eu sei disso agora porque pela primeira vez resolvi pesquisar sobre a dermatite atópica.

E achei muita coisa que tem me ajudado bastante. Vou dividir com vocês o que estou aprendendo sobre como controlar o estresse e não baixar a guarda para que nunca mais tenha que lidar com essa doença dita incurável!

Me aguardem! Unidos venceremos!

Ignorem a cara de bocó! eheheheh Vou trazer mais fotos nos próximos posts. Vocês vão ver, isso vai sumir!!!!

P.S.: Alguns sites explicam bem o que é a dermatite atópica e quase todos ligam a doença ao estresse. Se você se interessa por isso, leia aqui, aqui, ou aqui.

outubro 20, 2011
Mayra Caju Warren

5 comments

Engordando de Propósito?

Gente! Li uma entrevista ontem no site do Yahoo! dos Estados Unidos, achei muito bacana e resolvi trazer para vocês.

O que leva um cara dedicado ao esporte, à alimentação saudável, ao culto do corpo deixar-se ir pro fundo do poço, comer porcaria, parar de se exercitar e engordar horrores – de propósito? Pois um personal trainer americano – Drew Manning – resolveu fazer justamente isso. O seu objetivo? Aprender na carne como é que as pessoas se enfiam a comer e a dificuldade delas depois pra perder peso. Dito de um jeito mais bonitinho: vivenciar o processo físico e emocional durante o ganho e a perda de peso.

O que eu achei mais interessante foi que esse cara, que há muito tempo não comia um bom fast food com fritas e coca-cola e não marchava pra esteira pra queimar a gordura descobriu que ele estava tendo sérios problemas com a falta dessas comidas. Isso mesmo! O cara teve dor de cabeça, ondas de mau humor e só passava quando ele arrastava o traseiro gordo pro fast food! Ele disse que não resiste ao sabor (artificial) da comida, e que ultimamente se vê viciado em refrigerante, no macarrão pronto em caixinha, em comida congelada e tantas outras besteirinhas.

O projeto e o propósito

Manning montou um programa e decidiu fazer um experimento de si mesmo (bem parecido com o cara do documentário “Supersize Me”) lançando o Fit 2 Fat 2 Fit (Em Forma p/ Gordo p/ Em Forma). Em maio deste ano, só 5 meses atrás, ele era assim:

O tiozão pesando uns 88 kg em maio deste ano

Aí, de propósito, o bonitão aí de cima começou a entrar no refrigerante, na fritura, nas comilanças dos industrializados e ficou assim:

O tiozão agora… 35 kg mais gordo, barrigão parecido com o que meu papai construiu em anos e anos de cerveja e churrasco!

Aí você me pergunta: “Mas que diabos isso tem a ver com o Cajureba?” E eu respondo: “Tem tudo a ver, gente!!”

Gordo sofre! E esse cara queria sentir na pele esse sofrimento, e ver como é angustiante se ver com sobrepeso e toda a força de vontade necessária para mudar e emagrecer. Claro que ele nem vai sofrer tanto assim, uma vez que essa comilança de porcarias é temporária pra ele. Ele já consumia alimentos saudáveis antes! Comia arroz integral, verdinhos e frutas! Só teve um tempinho de 6 meses comendo bobagem sem se exercitar.

Infelizmente, para a maioria de nós não é bem assim. A gente (e eu me incluo nessa lista) tem que desistir de comer as coisas que a gente mais gosta em nome da saúde, da longevidade, da qualidade de vida. E a gente sofre recaídas, come as besteiras, se desespera, fica triste, sacode a poeira e começa tudo de novo. Quantas vezes isso acontece? Muitas! Quantas forem necessárias, certo?

Esse exemplo serve para mostrar a grande diferença que existe na saúde de quem está em forma e se alimenta bem versus alguém que não liga para o que come. A alimentação inadequada estraga a gente! Por fora e por dentro. Veja só essa listinha que o próprio Manning aponta do que mudou – pra pior – na vida dele ultimamente:

  • Menos fôlego para brincar com a filha
  • Mais insegurança na cama com a esposa
  • Menos disposição para ajudar nos afazeres da casa
  • Dificuldade para amarrar os cadarços dos sapatos
  • Colesterol, triglicérides foi tudo pelas alturas
  • Roupas que não servem mais, etc.

Daqui a um mês, Manning volta para a rotina de dieta e exercícios e espera voltar à forma anterior em 6 meses. Vai ser um detox e tanto!

Ele conta no site dele tudo o que está passando, o que ele vem comendo, os comentários da esposa e, pelo jeito, como não está conseguindo ganhar a vida como personal trainer, ele conta com as doações dos internautas para sobreviver! Ainda bem que nos EUA fast food é baratinho!!

outubro 11, 2011
Mayra Caju Warren

1 comment

Vamos aprender com a Ni?

Oi pessoal!

Hoje quero recomendar um blog que está nascendo, trabalho em conjunto com alguns amigos, em especial uma menina muito esperta e batalhadora, que tem algumas coisas a ensinar pra muito marmanjão por aí!

A Ni e sua família e amigos estão (estamos) lutando contra uma enfermidade grave com muita coragem e disposição. E adivinha como: com alimentação e amor! Tem lição de sobra para todo mundo!

O Blog Saúde & Amor – Aprendi com a Ni está no ar, com muito carinho.

Visite e siga o Blog!

Conheçam e acompanhem mais essa novidade. No rodapé da página tem um espacinho para você colocar o seu e-mail e seguir as novidades do blog. Recomendadíssimo!

setembro 22, 2011
Mayra Caju Warren

4 comments

Reiki

Minha nova paixão, minha gente, é o Reiki! Preparei este post para dividir com vocês um pouco do que estou aprendendo desde que fui iniciada. Espero que possa iluminar vocês com a linda energia vital dessa sabedoria oriental!

Os Kanji – símbolos do Reiki na escrita japonesa. Aí tá escrito algo como: Energia Vital Universal.

Você já encontrou pessoas que só de estar perto de você já produziam um grande efeito no seu estado de espírito? Alguém que irradiava uma alegria que te contagiou? Ou uma tristeza que te colocou pra baixo, só de estar perto da pessoa? Isso é energia! Ela está por todo lado, saindo do nosso corpo, sendo irradiada por paredes, objetos, animais, afetando a nossa vida de muitas maneiras.

Se você já sentiu algo assim, então o Reiki não é nenhum bicho de sete cabeças para você …

O que é Reiki

O Reiki é um sistema de cura pela imposição de mãos. Basicamente é uma forma de fazer circular a energia entre quem aplica o Reiki e quem o recebe. Mas o que mais faz sentido para mim é que Reiki é a irradiação da energia amorosa, da essência mais linda do universo!

Energia do amor!

A palavra Reiki significa Energia Vital Universal, uma energia que está por aí, disponível, de bobeira para todo mundo usar! A diferença é que ao ser iniciado, o praticante pode canalizar essa energia e transmiti-la de forma intensa para si, ou para outras pessoas, animais, coisas.

Até agora eu só fiz o Reiki I, a primeira etapa de qualificação do reikiano. E desde que fiz o curso tenho trabalhado muito comigo mesma para me purificar, alinhar meus chackras, e canalizar essa energia para mim mesma, me proporcionando harmonia e bem-estar. Também andei usando meus conhecimentos em outras pessoas e nos meus animais de estimação.

Chackras?

Essa palavra designa os centros de energia do nosso corpo (e dos animais também). São canais por onde circula a energia vital que irradia para os nossos órgãos e sistemas. São muito utilizados na prática do Yoga, e são pontos-chave onde se aplica o Reiki. Um detalhe – estão posicionados perto das principais glândulas do nosso corpo. Olha a figura:

Os sete chackras principais

As origens do Reiki e seu desenvolvimento e a forma como se espalhou pelo mundo rendem um texto extenso demais para este post. Mas acho importante apresentar para vocês este cara, considerado o pai do Reiki, Mikao Usui. Ele nasceu em 1865 e era, dentre outras coisas, um monge budista. Olha só a cara dele:

O Mestre Mikao Usui

Outra característica muito forte do Reiki é a meditação. A meditação ajuda a manter os chakras desobstruídos, a harmonizar a gente. Estou aprendendo a meditar. Não é fácil, mas é um grande objetivo para mim saber entrar nesse estado meditativo e avançar no Reiki por meio dessa prática.

Ai! É tanta coisa pra dizer que não cabe num post! E também não sou nenhuma especialista! Realmente não dá muito para explicar. Reiki tem que sentir. Procurei, procurei e achei para vocês este vídeo, que explica e ilustra muito bem tudo sobre o Reiki. Assista!

E falando em sentir, mais um pouco sobre o que o Reiki proporciona! Para quem recebe, a sensação é extremamente relaxante e muito gostosa, além de aliviar a dor. Para quem aplica, é possível sentir as mãos esquentarem intensamente, principalmente quando colocadas sobre pontos de maior necessidade de energia. Eu mesma já cheguei a sentir as mãos tremerem e uma coceirinha entre as sombrancelhas, bem na região do terceiro olho. Outras pessoas já sentiram coisas muito mais fortes, muito mais intensas. Mas todo mundo, sem exceção, sente um enorme bem-estar! O Reiki é tão lindo que faz bem tanto para quem aplica como para quem recebe!

Para finalzar, resolvi aproveitar o blog para contar para vocês, meus queridos leitores, um pouco sobre a minha experiência com o Reiki, e homenagear minha grande mestra!

O Reiki e eu

Taí a minha Mestra! Minha primeira curadora, iniciadora, força amorosa da minha vida!

Tudo começou graças a essa mulher, minha mãe. Ela conheceu o Reiki primeiro e se interessou em aprender. Aprendeu e eu e minha irmã fomos as primeiras cobaias. Desde então, sempre que precisei me acalmar, quando senti dor, desespero, desarranjo emocional e do corpo físico, lá estava a minha curadora, com suas mãos quentes, irradiando amor e energia para mim.

Essa doação maravilhosa se propagou, muitos receberam e recebem Reiki da minha mãe. Meus amigos do colégio, minhas colegas quando tinham cólica menstrual iam atrás da minha mãe, e isso foi me inspirando.

Recentemente, depois da experiência de curar minhas perebas das mãos, procurei algo que pudesse me ajudar a combater o estresse (meu grande inimigo) e que me desse a satisfação de poder ajudar a mim mesma e aos outros. Procurei o Reiki. E fui praticando em mim mesma, em amigos, no Michael, meus cachorros, e por aí vai. A mudança na minha forma de enxergar os meus arredores foi tremenda! Parece que estou mais ligada, sensitiva. E sempre sei que posso contar com o Reiki nos momentos em que preciso me harmonizar.

Estou estudando intensamente o Reiki. Livros, apostilas, pela internet. Depois conto para vocês mais sobre o Reiki e sobre o que estou aprendendo!

Finalmente deixo com vocês os Cinco Princípios do Reiki. Leiam atentamente:

Entenderam?

Se você não entende Kanji, facilitei! Pode baixar este poster que eu fiz com os princípios fundamentais. Todos os dias eu penso comigo mesma sobre cada um deles e como eu posso cumpri-los. Faz um bem danado! Medite você também sobre esses princípios:

SÓ POR HOJE:

NÃO SE IRRITE

NÃO SE PREOCUPE

SEJA HUMILDE

SEJA HONESTO EM SEU TRABALHO

TENHA COMPAIXÃO DE SI MESMO E DOS OUTROS

Namastê!

setembro 16, 2011
Mayra Caju Warren

42 comments

Cuidado com o Espinafre

Pessoal!

Uma leitora do blog e querida nova amiga, a Valéria Isoppo (obrigada, Valéria!), me alertou pelo Facebook sobre um possível problema com o espinafre… fui pesquisando, pesquisando e encontrei informações que acho que valem a pena serem repassadas a vocês.

Antes de tudo, quero ressaltar que eu sou jornalista, leiga, que escrevo sobre alimentação porque gosto de aprender sobre o assunto e tudo o que vocês leem aqui é baseado em escolhas pessoais. E outra: este blog existe para compartilhar experiências. Não sou médica, não sou nutricionista e muito menos posso me considerar uma estudiosa do assunto. Mas já que estamos juntos nessa de tentar ser mais saudável e fazer dos alimentos os nossos remédios, assumo minha responsabilidade e quero checar todos os fatos.

Vamos às informações?

Caixinha de espinafre congelado da Holanda. Reparem na caveirinha! Trata-se de um alerta, não manter o espinafre na geladeira por mais de 2 dias. Por lá e em outras partes do mundo, existe uma crença que nunca se deve reaquecer um prato com espinafre. Ou seja, sobrou comida e tem espinafre? Come frio ou joga fora! Eu, hein…

Espinafre é muito gostoso, vai bem com vários alimentos! Cru ou cozido, é saudável e cai muito bem. Ajuda a evitar a prisão de ventre, porque tem muitas fibras, vitaminas, tem beta-caroteno e outras substâncias que ajudam o organismo a eliminar toxinas.

Só que tem um porém! Acontece que várias pesquisas apontam que o espinafre é um alimento que possui grandes quantidades de ferro e cálcio, mas afirmam que ele também contém um monte de ácido oxálico, que gruda no ferro e no cálcio e não deixa que o nosso corpo absorva esses nutrientes. Sai tudo nas fezes.

Além disso, uma grande quantidade desse ácido no nosso sangue pode contribuir para a formação de pedras nos rins, além de outros distúrbios. Não se recomenda consumir uma grande quantidade desse ácido se a pessoa tem problemas renais, ou atrite reumatóide (essa artrite não tem nada a ver com osteoartrite).

Um mistério

No entanto, em minha pesquisa, tive dificuldades em encontrar qual é a quantidade segura que se pode consumir de espinafre. Uma leitora do Cajureba, a Telma, indicou este site, que diz que geralmente consumimos 150mg de ácido oxálico por dia, mas isso pode aumentar ou diminuir de acordo com os hábitos da pessoa. O site também indica outras fontes desse antinutriente e aponta que a quantidade letal desse ácido no organismo é 1500 mg.

Bem, por via das dúvidas, meu suco verde hoje já foi com só com couve e não com couve e espinafre. Das minhas pesquisas, eu recomendo a leitura deste artigo, que a nutricionista Renally Canuto divulgou em seu blog. Ajuda a entender as pesquisas e os resultados negativos do consumo excessivo do espinafre.

Para finalizar, mais algumas dicas:

  • Não utilize o caldo do cozimento do espinafre. Jogue fora mesmo.
  • Não exagere! Apesar de serem vagas com relação à quantidade segura de consumo, todas as pesquisas que alertam sobre os perigos do espinafre relacionam os males ao EXCESSO de ácido oxálico no organismo.
  • Se sua intenção ao ingerir o espinafre é aproveitar o cálcio e o ferro, substitua-o por outros alimentos também muito ricos: “Couve, brócolis, folha de mostarda, agrião, folhas de cenoura, beterraba e couve-flor, e leguminosas como feijões, ervilha, lentilha e soja são as melhores opções para quem quer consumir fontes alternativas de cálcio e ferro”.
    – Fonte: Revista FAPESP Online.

Eu fiquei meio assustada com isso tudo que eu li. Mas não quer dizer que vou deixar de comer espinafre. Só reduzir. E ficar esperta.

Espero que esse esclarecimento seja útil a vocês. Afinal, informação nunca é demais!

Outras Fontes:

Reheating Spinach Dangerous in Holland, Fine in Rest of World – Arthur & Amy’s Personal Weblog

Are oxalates in spinach toxic? – SAGA

O espinafre deixa a pessoa mais forte mesmo? – Mundo Educação

**** Uma atualização **** 26/11/2014

Este post, escrito em 16 de setembro de 2011 é o mais lido do meu blog, acredita? Então, deve ser mesmo um assunto interessante! Este é o post com maior número de comentários e visitas diárias do Cajureba! Então, você, lindo leitor, por favor, leia os comentários abaixo. Como o comentário da querida Telma, que aponta que o ácido oxálico também está presente em outros vegetais que a gente consome. Outro comentário muito lindo é o da Maria Rosa, que é nutricionista e ajudou muito a esclarecer a questão! Se você sabe de algo que pode ajudar ainda mais, deixe também o seu comentário!

setembro 14, 2011
Mayra Caju Warren

2 comments

Comida que desintoxica

A desintoxicação alimentar é um assunto recorrente aqui no Cajureba! Eu sei!

Mas vale a pena ver de novo e seguir a dica: dar um tempo para o seu corpo! Faça uma bela faxina de vez em quando! Sabe o fim de semana cheio de festas e comilança que você acabou de ter? Ele pode pesar no seu organismo.

Então, a dica é desacelerar e parar um pouco com a carne, com o álcool, tomar muita água e comer coisas que realmente fazem bem para você.

Além disso, alimentos desintoxicantes possuem a habilidade de limpar o corpo das gorduras, colesterol, água retida, muco e outras acumulações tóxicas. E o que pouca gente se dá conta é que muita comida do dia-a-dia (as mais naturais, claro!) tem esse poder! Algumas delas ainda vêm com bônus: elementos como o antioxidantes que protegem as células e órgãos das toxinas e ainda ajudam o corpo a se regenerar dos tóxicos consumidos.

Andei pesquisando e achei alguns alimentos que ajudam o nosso corpo a desintoxicar. Vejam abaixo!

Blueberries

Ricas em antioxidantes e fibras, as blueberries são muito fáceis de encontrar pelo mundo afora, mas aqui no Brasil é meio raro! Mesmo assim, já achei aqui em Floripa nos supermercados de melhor seleção.

Os nomes variam de lugar apra lugar, mas eu já vi as mesmas bolotinhas serem vendidas como “vacínio, mirtilo, arando, airela e uva-do-monte.” O nome mais comum aqui no sul é Mirtilo.

Comer essas gostosuras ajuda a manter o sistema digestivo em ritmo acelerado e também dá ao corpo uma bela dose de vitaminas e minerais. Fica ótimo no suco, smoothie, com iogurte e outras frutas.

Espinafre

Um novo item no meu cardápio, o espinafre faz você ficar forte que nem o Marinheiro Popeye! Eu uso o espinafre no picadinho de abóbora (que aliás tenho que publicar aqui!), no suco verde e até nesta receitinha aqui.

Mas dá também para substituir a alface ou a couve pelo espinafre para dar uma acelerada na desintoxicação. O espinafre contém ferro, minerais e antioxidantes. Também tem bastante fibra e pode ajudar a soltar o que anda preso! Tudo sem deixar de repor os nutrientes essenciais à saúde!

Uma curiosidade… olhando na Wikipédia, li que na 1a. Guerra Mundial, deram vinho com suco de espinafre para curar os soldados que estavam sofrendo de hemorragia. Viu que poder?

Obs.: O espinafre também pode causar problemas sérios, principalmente com os rins. Leia este post.

Maçã

Minha fruta preferida, a maçã é uma ótima em qualquer dieta de desintoxicação. Se ingerida com casca, a maçã vem rica em fibras, açúcares naturais e alguns minerais essenciais.

Uma dica super recomendada é colocar a maçã no suco verde ou ainda comer uma maçã com uma fonte saudável de proteína, como a manteiga de amendoim (lanchinho diário do Michael) ou queijo tipo cottage com pouca gordura.

Aspargo

Esse já é fácil de achar em tudo quanto é supermercado! O Aspargo é um diurético natural, que pode ajudar a desinchar, reduzir um pouco esse inchaço que perdura após alguns dias de comilança e bebedeira.

A dica é fazer ao bafo, e acrescentar à salada, ou mesmo como um acompanhamento super saudável no almoço ou no jantar durante a fase desintoxicante ou mesmo no dia-a-dia.

É delicioso e pode até ser comido cru. Nunca provei assim, mas acho que vale a pena experimentar!

Pimentões Coloridos

Muita gente já deve ter torcido o nariz. Pimentão, apesar de alguns considerarem indigesto, é cheio de antioxidantes, minerais e vitaminas! Além disso, é saboroso e fica bem em quase tudo!

Dê preferência à variedade, e use os pimentões verdes, amarelos e vermelhos. Também fica muito bem em wraps (com aquele pão tipo tortilla).

Pimentão é super leve, tem poucas calorias e ajuda a tornar a refeição mais saborosa. Pode ser consumido frescos ou grelhados. E dão um up na desintoxicação.

Obs.: Apesar disso tudo, não exagere. Todo exagero faz mal e quem leva a fama de indigesto é o coitado do pimentão! Outra dica: compre o orgânico ou lave bem o pimentão do sacolão antes de consumir. No Brasil, ele é um dos mais contaminados por agrotóxicos. Em casa nós costumamos deixar de molho na água com vinagre de maçã. Depois, no exágue, ainda usamos uma escovinha para tirar o excesso. Mesmo assim, no cozimento eu tiro todo o talo e a região ao redor, e todas as sementes também. Seguro morreu de velho!

Limão

Não precisa entrar na loucura de ficar tomando suco de limão o dia todo para desintoxicar! Limão é muito bom, acelera a desintoxicação, mas basta espremer 1/2 limãozinho na água morna e tomar toda manhã para sentir os benefícios! A água vem na temperatura do corpo e você começa o dia fazendo uma limpeza geral!

Além disso, vitamina C não faz mal a ninguém! E isso vale para todo tipo de limão, taiti, siciliano, galego, rosa…

Fontes:

Yahoo!

Whole Body Detox Diet

setembro 11, 2011
Mayra Caju Warren

4 comments

Um ano!

Amigos! Estou muito feliz!

Hoje este blog completa um ano de existência! Parabéns, Cajureba!

Parabéns pra você! Nesta data querida!

Em um ano descobri que gostava de brócolis, abobrinha, espinafre e outros verdinhos! Também aprendi mais um pouco sobre o meu corpo e estou aprendendo a lidar comigo mesma e com esta pele que me cobre!

Espero que neste tempo tenhamos aprendido muito juntos! Tenho muito a agradecer aos seguidores do Cajureba! Recentemente tive uma nova crise, ganhei peso, minhas mãos pioraram, e, isso é devido ao inverno, ao estresse dos concursos, à falta de perseverança e a um certo desânimo que às vezes chega perto da gente – culpa do FRIO!! (hehehehehe)

Mas graças ao Blog Cajureba, e ao apoio dos amigos, da família e do Michael, voltei com tudo, estou melhor, voltando à forma, e retomando tudo e comemorando a vitória no concurso com muita saúde e equilíbrio!

Tenho várias ideias para manter este espaço cada vez mais atual. Vários posts guardados para vocês!

E vocês? Aprenderam alguma coisa? Têm algo a sugerir?

Eu quero agradecer pela companhia, pelos comentários, pelo apoio de sempre! Vamos espalhar esse conhecimento e tornar este mundo mais saudável! Obrigada! Muito obrigada!

Namastê!

Lanternas do caminho

"O que for feito com a criança não durará apenas o instante imediato, mas a vida toda" Rudolf Steiner

The Phd Mama

A Parenting & Multicultural Lifestyle Blog

Âncora Sandubar

Rio Tavares, Florianópolis, Brasil

Espaço Cardamomo

O Cardamomo é uma sementinha aromática muito utilizada na culinária indiana, que além de dar um sabor especial aos pratos doces, possui propriedades terapêuticas que auxiliam na digestão, aumenta ojas (imunidade) e favorece o rejuvenescimento, experimente!

palavras de magno

um portal de opiniao entrevistas contos e tudo que tiver direito

Funny for Nothing

The world as I see it

Só Viagem Boa!

Viajando por aí!

Flor e chá

Moda inclusiva, acessível e inspiradora

Paredes Móveis

Coisas do Cotidiano

Illustrated Bites

an illustrated food blog

Portfólio

Uma coleção de trabalhos jornalísticos

Finger, Fork & Knife

I'm Kate and Finger, Fork and Knife is where I record the recipes that excite, nourish and inspire me. I focus on wholesome, high-nutrition, home-cooked food - recipes that satisfy and delight. Welcome!

the amused bouche

modern motherhood · real food · cultivating creativity | by cory cleland

veggiezest

Vegan & Vegetarian recipes from around the world

%d blogueiros gostam disto: