first

Ser Cajureba // Being Cajureba

O processo de transformação pelo qual eu passei para me transformar em Cajureba tem sido longo e cheio de curvas. Começou em 2010, quando procurei uma especialista em medicina natural para me ajudar a me livrar da dermatite atópica. Essa doença da pele me perseguia desde a infância. E muita gente tem dermatite. É uma doença comum, somatizadora, que se aproveita dos nossos momentos mais fragilizados para botar a gente ainda mais pra baixo.

Comigo a danada aparece sempre nas minhas mãos, justo a parte do corpo que a gente mais usa. A vergonha era inevitável, sempre tinha algo inflamado, e as pessoas observam, não tem jeito.

Mãozinha inflamadinha em abril de 2009

Mãozinha inflamadinha em abril de 2009.

Quando sarava, ficava umas casquinhas assim .

E o tratamento, só à base de corticóides! Pomadas cada vez mais fortes, depois, nas crises, tomava o remédio via oral, e sarava tudo! Duas semanas depois voltavam todas as lesões, só que desta vez mais resistentes. Sem contar os quilinhos a mais que os hormônios não me deixavam perder. Tudo bem que minha alimentação não ajudava! Mas eu não era de abusar da fritura nem de comidas pesadas. Mas acabava engordando. E emagrecer ia ficando cada vez mais difícil.

Olha eu gordita!

Em Buenos Aires, março de 2009

Nesse processo de mudança, desde 2010, continuo caminhando para vencer a dermatite. Com boa alimentação, fé na vida e estratégias para vencer o meu maior adversário: eu mesma!

//////

The transformation process by which I’ve been going through to become more and more a “Cajureba” has been a arduous one, full of curves! It all started in 2010, when I sought an specialist in naturology, to help me get over an illness that has been in my life since childhood: the atopic dermatitis. Many people have dermatitis. It is a common disease, which takes over when we’re fragile, sick, sad. And it contributes to keep us even more sad.

It likes to appear in my hands, just the body part that I use the most. The shame was inevitable.

Mãozinha inflamadinha em abril de 2009

Inflammations on my fingers in april, 2009.

When it got better, there were dry scabs like these.

And the treatment, always based on steroid creams and pills! All it ever did was make one crisis stronger than the previous one. I’d take the drugs and two weeks later it would all come right back, only this time more resistant. Not to mention the extra pounds that the hormone treatments would not allow me to lose. Okay, i didn’t alwasy have the healthiest diet! But I also didn’t abuse fried or heavy foods. But still ended up getting fatter and fatter. Look at me all gordita!

 In Buenos Aires, March of 2009

In this process of change, since 2010, I continue walking to overcome dermatitis. With good food, faith in life and strategies to overcome my greatest adversary: myself!

5 thoughts on “Ser Cajureba // Being Cajureba

  1. Boa Tarde.

    Domingo assiste ao 4º Grande Prix da Anew, gostei do seu depoimento, você esteve ótima. Lembrei que você havia dito que tem blog e cá estou eu. Peço, por favor, recomendação sua, se realmente valeu a pena a utilização dos produtos da Anew para a cura de sua dermatite. Esta recomendação será a um colega de trabalho que há anos sofre com a dermatite atopica e não encontra cura. Obrigado.
    Abraços.
    Washington

    • Olá, Washington! Você não imagina a minha felicidade em ver que você me achou pela blogosfera e gostou do meu depoimento! Recomendo pro seu amigo fazer sim o tratamento com a Anew e por um motivo bem simples: deu certo mesmo pra mim! Eu comecei em fevereiro e logo fui vendo os resultados. Cheguei à Anew por meio da Maria Helena, naturopata e especialista em medicina ortobiomolecular. Ela foi quem descobriu que os derivados do leite me faziam mal. E foi com ela que eu fui adotando uma terapia holística, que incluía os suplementos e mais algumas homeopatias, chás e alimentação. Os produtos da Anew que eu usei nesses 7 meses foram: Floranew, Detolia, Levedo de Cerveja, Omega3, Linhaçanew, Primulanew, Acenew e Natuki. Se quiser saber mais sobre cada produto, o site da Anew tem várias informações. Olha, diz pro seu amigo largar os dermatologistas e procurar uma medicina mais natural. Tenho certeza que vai melhorar! Um abraço!

  2. oi mayra cajureba!!!
    como sua amiga, posso dizer como a sua vida mudou depois que se transformou na cajureba!
    hoje você está mais bonita e mais forte!
    adorei o seu blog!
    adorei suas receitas!
    queria te perguntar se abacaxi ou laranja não daria certo nesse suco verde!
    será que iria interferir nos seus valores nutricionais?
    te admiro muito!
    parabéns pelo blog!
    um beijo.
    eleandra.

    • Oi amiga!! Finalmente!! Obrigada pelo apoio, pelo carinho, pela compreensão sempre!!! Olha, o suco verde é bom com tudo! Eu não sei se pode perder propriedades com o abacaxi, mas duvido. Acho que é um bom ingrediente. A laranja eu sei que também é porque a minha nutricionista já me indicou. E eu também já usei limão e mexerica. O mais massa é ir testando os sabores, ir tentando coisas novas. Nunca fiz um suco igual o outro… igualzinho as minhas receitas!!!! Te amo!!! Beijos!

      • oi amiga!!!
        estou fazendo o suco todos os dias!
        fica uma delícia com abacaxi!!!
        estou seguindo seus conselhos, e estou adorando descobrir novos sabores na cozinha!
        a comida integral é muito boa! e muito interessante!!! dá para inventar muitas receitas gostosas e fáceis de preparar!
        estou me surpreendendo!!!
        valeu má!
        sua amizade é muito importante para mim… acho que vc sabe disso!
        te amo tb!
        bjuuuuu!!!

Deixe um comentário

Required fields are marked *.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Lanternas do caminho

"O que for feito com a criança não durará apenas o instante imediato, mas a vida toda" Rudolf Steiner

The Phd Mama

A Parenting & Multicultural Lifestyle Blog

Âncora Sandubar

Rio Tavares, Florianópolis, Brasil

Espaço Cardamomo

O Cardamomo é uma sementinha aromática muito utilizada na culinária indiana, que além de dar um sabor especial aos pratos doces, possui propriedades terapêuticas que auxiliam na digestão, aumenta ojas (imunidade) e favorece o rejuvenescimento, experimente!

palavras de magno

um portal de opiniao entrevistas contos e tudo que tiver direito

Papacapim

desmistificando a culinária vegetal

Funny for Nothing

The world as I see it

It Girls Go Bad

Be "It" Darling!

Diariamente....

Todo dia uma mensagem para a Vida!

Flor e chá

Moda inclusiva, acessível e inspiradora

Paredes Móveis

Coisas do Cotidiano

Illustrated Bites

an illustrated food blog

Portfólio

Uma coleção de trabalhos jornalísticos

Finger, Fork & Knife

I'm Kate and Finger, Fork and Knife is where I record the recipes that excite, nourish and inspire me. I focus on wholesome, high-nutrition, home-cooked food - recipes that satisfy and delight. Welcome!

the amused bouche

real food · farm life · wanderlust adventures | santa barbara, california

%d blogueiros gostam disto: