setembro 16, 2011
Mayra Caju Warren

38 comments

Cuidado com o Espinafre

Pessoal!

Uma leitora do blog e querida nova amiga, a Valéria Isoppo (obrigada, Valéria!), me alertou pelo Facebook sobre um possível problema com o espinafre… fui pesquisando, pesquisando e encontrei informações que acho que valem a pena serem repassadas a vocês.

Antes de tudo, quero ressaltar que eu sou jornalista, leiga, que escrevo sobre alimentação porque gosto de aprender sobre o assunto e tudo o que vocês leem aqui é baseado em escolhas pessoais. E outra: este blog existe para compartilhar experiências. Não sou médica, não sou nutricionista e muito menos posso me considerar uma estudiosa do assunto. Mas já que estamos juntos nessa de tentar ser mais saudável e fazer dos alimentos os nossos remédios, assumo minha responsabilidade e quero checar todos os fatos.

Vamos às informações?

Caixinha de espinafre congelado da Holanda. Reparem na caveirinha! Trata-se de um alerta, não manter o espinafre na geladeira por mais de 2 dias. Por lá e em outras partes do mundo, existe uma crença que nunca se deve reaquecer um prato com espinafre. Ou seja, sobrou comida e tem espinafre? Come frio ou joga fora! Eu, hein…

Espinafre é muito gostoso, vai bem com vários alimentos! Cru ou cozido, é saudável e cai muito bem. Ajuda a evitar a prisão de ventre, porque tem muitas fibras, vitaminas, tem beta-caroteno e outras substâncias que ajudam o organismo a eliminar toxinas.

Só que tem um porém! Acontece que várias pesquisas apontam que o espinafre é um alimento que possui grandes quantidades de ferro e cálcio, mas afirmam que ele também contém um monte de ácido oxálico, que gruda no ferro e no cálcio e não deixa que o nosso corpo absorva esses nutrientes. Sai tudo nas fezes.

Além disso, uma grande quantidade desse ácido no nosso sangue pode contribuir para a formação de pedras nos rins, além de outros distúrbios. Não se recomenda consumir uma grande quantidade desse ácido se a pessoa tem problemas renais, ou atrite reumatóide (essa artrite não tem nada a ver com osteoartrite).

Um mistério

No entanto, em minha pesquisa, tive dificuldades em encontrar qual é a quantidade segura que se pode consumir de espinafre. Uma leitora do Cajureba, a Telma, indicou este site, que diz que geralmente consumimos 150mg de ácido oxálico por dia, mas isso pode aumentar ou diminuir de acordo com os hábitos da pessoa. O site também indica outras fontes desse antinutriente e aponta que a quantidade letal desse ácido no organismo é 1500 mg.

Bem, por via das dúvidas, meu suco verde hoje já foi com só com couve e não com couve e espinafre. Das minhas pesquisas, eu recomendo a leitura deste artigo, que a nutricionista Renally Canuto divulgou em seu blog. Ajuda a entender as pesquisas e os resultados negativos do consumo excessivo do espinafre.

Para finalizar, mais algumas dicas:

  • Não utilize o caldo do cozimento do espinafre. Jogue fora mesmo.
  • Não exagere! Apesar de serem vagas com relação à quantidade segura de consumo, todas as pesquisas que alertam sobre os perigos do espinafre relacionam os males ao EXCESSO de ácido oxálico no organismo.
  • Se sua intenção ao ingerir o espinafre é aproveitar o cálcio e o ferro, substitua-o por outros alimentos também muito ricos: “Couve, brócolis, folha de mostarda, agrião, folhas de cenoura, beterraba e couve-flor, e leguminosas como feijões, ervilha, lentilha e soja são as melhores opções para quem quer consumir fontes alternativas de cálcio e ferro”.
    – Fonte: Revista FAPESP Online.

Eu fiquei meio assustada com isso tudo que eu li. Mas não quer dizer que vou deixar de comer espinafre. Só reduzir. E ficar esperta.

Espero que esse esclarecimento seja útil a vocês. Afinal, informação nunca é demais!

Outras Fontes:

Reheating Spinach Dangerous in Holland, Fine in Rest of World – Arthur & Amy’s Personal Weblog

Are oxalates in spinach toxic? – SAGA

O espinafre deixa a pessoa mais forte mesmo? – Mundo Educação

**** Uma atualização **** 26/11/2014

Este post, escrito em 16 de setembro de 2011 é o mais lido do meu blog, acredita? Então, deve ser mesmo um assunto interessante! Este é o post com maior número de comentários e visitas diárias do Cajureba! Então, você, lindo leitor, por favor, leia os comentários abaixo. Como o comentário da querida Telma, que aponta que o ácido oxálico também está presente em outros vegetais que a gente consome. Outro comentário muito lindo é o da Maria Rosa, que é nutricionista e ajudou muito a esclarecer a questão! Se você sabe de algo que pode ajudar ainda mais, deixe também o seu comentário!

Anúncios

38 thoughts on “Cuidado com o Espinafre

  1. Pingback: Comida que desintoxica « Cajureba

  2. como assim? nao acredito o Popeye era super forte hehe

  3. OI cAJUREBA GOSTARIA QUE VC NUMA PROXIMA MATERIA NÓS DESE UMAS INFORMAÇÕES SOBRE O FRUTO DO MEXICO QUE LEVA O NOME DE ( NONI ). VOU AGUARDAR.

  4. Espinafre deve nem reaquecer porque ele pode conter rastreamento bactérias-por exemplo, bacillus cereus-como que também faz com que aumenta a bacteria em Salsa.

    Note no entanto que, se você pode ter a chance de esfriar rapidamente após a 1. dia e utilização no dia seguinte com um reaquecimento é muito provável que ainda OK.

    Respostas em um bacilllus infecção é mau estômago, vomito, diarreia, etc.
    Em alguns legumes, particularmente, couve e espinafre, encontrado nitrato de cultivo, bactérias podem se transformar em nitritos. Isso pode, por exemplo, ser em cozidos espinafre e couve, cool demasiado lentamente e não mantido suficientemente frio.

    Nitrito é uma substância venenosa que é especialmente perigosa para crianças. Nitritos não são removidos por aquecimento. Resíduo de espinafre cozido e couve, portanto, não prestados às crianças menores de 1 ano.

    bom o suficiente não é tóxico-eu tenho desde comido reaquecer espinafre muitas vezes (e hoje-lol)-por favor, só para bater o ponto de ebulição de reaquecimento

  5. bom, eu vi no programa bem estar que a laranja fixa o calcio nos ossos, onde ele tem que ficar. entao sera que se comer espinafre, e depois chupar uma laranja, agente não consegue absorver o calcio do espinafre?

  6. Olá, sou nutricionista e gostaria de fazer um comentário ao tema. O espinafre realmente tem um teor alto de oxalatos, porém o cozimento em água reduz muito os oxalatos (a água deve ser descartada nesse caso). Mas o consumo moderado de oxalatos não é problema. Vários alimentos possuem oxalatos, como a beterraba, a couve… O que é preciso ficar atento é com o consumo excessivo e diário do espinafre cru, especialmente para pessoas com carências nutricionais, com anemias, bebês e indivíduos com risco elevado de cálculos renais. Pessoas saudáveis e com uma alimentação variada não precisam se preocupar, já que não vão comer espinafre todos os dias! É bom lembrar que também as leguminosas, especialmente a soja possuem quantidades elevadas de anti-nutrientes, no caso o fitato ou ácido fítico, que assim como o acido oxálico, atrapalham bastante a absorção dos minerais (ferros, cálcio, zinco…). Portanto temos que saber dosar e variar bem a alimentação, pois não existe um alimento bom ou um alimento vilão. Parabéns pelo blog 🙂

    • Obrigada, Maria Rosa! Valeu mesmo pela contribuição!!

    • Perfeito seu comentário, para quem está receoso a soja é comprovadamente pior como alimento mas consome-se diariamente em vários produtos industrializados e também in natura. Fiz uma pesquisa rápida e a maioria dos relatos referem se as problemas nos EUA na década de 50, incluindo crianças e recém nascidos porem os detalhes são escassos.
      Também há o estudo intitulado “Avaliação química, proteica e biodisponibilidade de cálcio nas folhas de couve-manteiga, couve-flor e espinafre” que desaconselha o uso de espinafre por toxidade aos rins ” EM DOSES SUPERIORES A 2 GRAMAS POR QUILO DE PESO” ou seja quem tem 50 quilos passa a correr riscos se consumir acima de 100 gramas!!!
      Para você ter uma ideia a maior folhinha de espinafre que eu consegui achar pesou apenas “3 gramas” ou seja poderia-se ingerir até trinta folhinhas.
      O citado estudo não esta disponível para acesso na Web (o que inviabiliza uma analise critica).
      Minha opinião é não deixe de usar com moderação. Na duvida use sempre a regra: dia sim, dois não. Abraços.
      “A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”
      Marcos – Lic. em Química – Esp. Gestão e Consultoria Ambiental

    • Também sou nutricionista e era exatamente isso que ia dizer. Enfim gente, sem pânicos.

  7. Tenho lido bastante sobre o assunto, achei interessante a explicacão deste post. O espinafre cru não faz mal como o cozido(refogado, assassinado…rsrsr, etc) – já que o ácido oxálico na sua forma orgânica(crua) pode até ser benéfica para os intestinos pois ajuda nos movimentos peristálticos do mesmo. O ácido oxálico liga-se ao cálcio quando se coze o espinafre e debilita o corpo do mesmo.

    Fonte: Dr. Norman W. Walker um dos maiores especialistas em terapia de sucos/sumos (mais de 70 anos de pesquisa)

  8. obrigado por pesquisar esse assunto.o que me deixou preocupado foi que encontrei,como se fosse
    uns pelinhos brancos nas folhas muito semelhante ao do boldo.no caso do boldo deve secar a folha antes de user pois aquela substancia é canserijina.

  9. Fiquei super assustada tbm, pois tenho falta de calcio, e tomo suco verde com espinafre todo dia. (bastante). Li num outro artigo que quem tem problemas nos vasos sanguineos tbm deve evitar. Tenho varizes e vasinhos, super tendencia da familia. Fiquei triste em saber, tava dando certo.. meu instestino funcionava que nem um reloginho. Deve ser por isso a explicação que vc citou acima: “Só que tem um porém! Acontece que várias pesquisas apontam que o espinafre é um alimento que possui grandes quantidades de ferro e cálcio, mas afirmam que ele também contém um monte de ácido oxálico, que gruda no ferro e no cálcio e não deixa que o nosso corpo absorva esses nutrientes. Sai tudo nas fezes.”

    Peninha, vou repassar.
    Bjs

    • Bom, quando falamos de alimentação, há mais dúvidas que respostas. Há vários especialistas, nutricionistas, médicos nutrólogos, cardiologistas, enfim, que afirmam com base em pesquisas que os nitrato/nitritos provenientes do consumo de beterrabas e espinafres crus estimulam a produção de óxido nítrico no nosso organismo, o que é bastante benéfico, especialmente para a circulação e como sabemos, a circulação é essencial. Mas sempre fica a dúvida pois surgem outras opiniões. Como a dúvida é o que impera, prefiro consumir os alimentos na forma como estão disponíveis na natureza.

  10. no site do uol tem uma matéria sobre uma nutricionista que fala a respeito do espinafre, especificando quantidades.

  11. Muito interessante!
    Pelos vistos, não é só o espinafre… até o chocolate tem esse ácido oxálico!
    Neste site, tem as quantidades de ácido oxálico que são prejudiciais!

  12. Olá MAYRA, eu vi uma receita de um suco verde em que a pessoa colocava uma hortaliça chamada bertalha no suco verde, ela dizia que substituía o espinafre, pois sabia dessa substância tóxica do espinafre. Eu não conheço essa hortaliça, mas fiquei curiosa.

  13. vc tem qual faculdade e qual especialização para postar algo tão sem noção para pessoas leigas lerem e se impressionar com o dito! pessoa volta pra casinha! e vai estudar ! de preferencia um doutorado!

    • Oi Ademar, tudo bem?
      Não sou obrigada a te dar meu currículo e nem a te dar satisfação nenhuma. Se não gostou, faça seu próprio blog. Tudo o que escrevi aqui são pesquisas que citei ali em cima. Não gostou? Tudo bem, a internet é democrática. Procure outra fonte de informações. Já expliquei que não sou médica e nem nutricionista. Faça você as suas próprias pesquisas, se não gostou da minha. Obrigada e tenha um bom dia.

    • e vc ? sera q tem algum doutorado? se tem, seu comentário só deixa claro o quao arrogante vc é, pois contribuiu com o que para esclarecer sobre um assunto pertinente?! Como tem gente estúpida nessa terra!!!! =( Lamentável seu comportamento. Se você se presta só a criticar, se valsesse de uma crítica construtiva ou uma contribuição como deixou a nutricionista Maria Rosa!

      • Ademar, bastanbte primitivo, você! Sugere que pessoas façam doutorado… Abriu precedentes para que receba sugestões: que tal uma “Especialização” básica, para sair da escuridão?

    • Fontes de pesquisa sobre esse assunto e muitos outros estão disponíveis para qualquer pessoa que tenha interesse e dedicação, inclusive de grandes doutores como Dr. Lair Ribeiro, Dr. Alberto Gonzales, Dr. Ivandelio Sactos entre muitos outros. E esses que são realmente relevante no assunto, não saem pelos blogs pedindo currículo. É a primeira vez que visito este site, e achei muito bem estruturado, muito bom o conteúdo e apesar de informal, as fontes estão citadas. Então Sr. Ademar conteste as fontes e pesquisas dos doutores que mencionei…

  14. Oi, gente!

    Para contribuir com esse assunto do espinafre, coloco aqui um endereço que contém um artigo da Prof. Jocelem Salgado sobre uma pesquisa, feita na USP, com essa hortaliça que (ai de mim, rsrsrs) aprecio tanto!

    http://www2.uol.com.br/vyaestelar/espinafre.htm

    Essa pesquisa alerta, com seriedade e dados concretos, sobre os riscos de consumi-lo…

    Abraços a todos, e parabéns para o blog e participações

    Lina

  15. Tem um fato importantissimo que o pessoal se esqueceu aqui…..existe duas especies principais conhecidas como espinafre, o europeu e o nosso que comemos aqui, os nomes cientificos sao diferentes..resta saber se esse estudo sobre os problemas do espinafre se refere a qual variedade….

  16. Essas pesquisas falam todas da folha do espinafre… E o talo? Têm o mesmo problema será?

  17. Quero cumprimentá-la pelo blog esclarecedor.

    Comigo aconteceu que durante dois dias seguidos eu comi quatro folhas cruas de espinafre a cada refeição e no segundo dia à noite fui acometido de forte diarréia que atribui ao uso do espinafre, pois foi somente o espinafre que alterou a minha rotina alimentar, será que exagerei na quantidade? O que você acha disso, devo continuar comendo o espinafre ou suspender?

    Agradeço-lhe de antemão por sua sábia orientação

    Jairo

    • Oi Jairo!
      Eu não sou médica, nem nutricionista, só uma curiosa mesmo! Se tivesse acontecido comigo, eu acho que suspenderia o consumo diário do espinafre, ou pelo menos reduziria a quantidade, para só uma refeição por dia, ou a cada dois ou três dias, sabe? Acho que pode ter sido um excesso do espinafre, o que não quer dizer que você precise suspender para sempre o consumo, só reduzir um pouco!
      Um abraço!!
      Mayra

  18. Dei um 200 mg sumo de espinafre puro para minha mae no mês de julho/ 2015, foi para UTI, e la ficou por 5 dias. Agora esta bem.

  19. Pessoal, boa tarde

    Tenho uma dúvida.
    Meu filho de 5 anos é muito chatinho para comer, se depender dele ele só toma leite e come arroz feijão e ovo e chocolate.. rs
    Não come frutas, verduras, legumes, danone, é muito complicado, é sempre um drama!!!
    Invisto bastante no suco de laranja as vezes laranja com mamão que graças a Deus ele gostou, pois mamão sozinho não rola, ou seja, para que ele tenha os nutrientes que precisa tenho literalmente que rebolar rs
    Desde pequeno ele tem problemas de intestino preso, e sofre muito com isso chegando as vezes a ficar 1 semana sem evacuar mesmo tomando laxante com lactuose é uma baita dificuldade.
    Como vi que espinafre é bom para o intestino e sei que ele não vai comer, eu vi em um post a ideia de bater com um pouco de água e misturar no feijão. comecei a fazer isso, insistir no suco de mamão com laranja e cheguei ao ponto de dar uma colher de chá de azeite extra virgem todo dia em jejum e ai ele conseguiu ir inclusive foi 3 dias seguidos.
    Ele não tem intolerância a lactose, estou com uma gastro marcada para poder avaliar melhor o que fazer, porém fiquei preocupada com a questão do espinafre.
    Estava pensando em colocar couve também.. mas depois dos comentários realmente fiquei cismada se posso continuar fazendo isso. podem me ajudar??

    Muito obrigada!!

    • Oi Alessandra, realmente, é melhor perguntar para um médico, ou nutricionista. O que acontece é que o espinafre se torna tóxico em algumas situações e claro, se ingerido em excesso. Eu tenho um bebê de 6 meses e dou espinafre, mas pouca quantidade, e não congelo, nem guardo de um dia para o outro, entende? Talvez algum leitor aqui possa te esclarecer melhor que eu…

      • A Dra. Jocelem Salgado é brasileira e fez seu estudo no Brasil, obviamente com o espinafre que temos aqui. O espinafre crú matou todos os animais testados na primeira semana do estudo. O assunto é gravíssimo. Assim como o assunto da toxicidade da carambola, que ninguém comenta.

  20. Cuidado pq couve crua tbm faz mal

  21. Conheço o alerta dado pela Profa.Dra.Jocelem M.Salgado no seu livro “Pharmacia dos Alimentos” e não tenho nenhuma dúvida, da seriedade da pesquisa.Agora,a combinação:Leite/Espinafre é uma verdadeira bomba.Leite é tão perigoso quanto espinafre ou mais ainda e, seu consumo só se admite na forma pre-digerida(fermentada) como:coalhada,iogurte,ricota e queijo branco.Pesquisas e alertas não faltam,basta ir para “tio” Google.No mundo em que vivemos,onde dominam:ganancia e ignorância, não há salvação que,só virá no Novo Mundo,no prometido Reino de Deus.Termino citando sabias palavras bíblicas do nosso Salvador:conhecereis a verdade e a verdade vós libertará!Essa sentença se aplica a qualquer assunto e tirarei chapéu para quem responder:desde quando,biblicamente falando,Deus autorizou a comer carne?E,Ele autorizou! Mayra,parabéns pelo Blog.Abraço fraternal para todos,Miecislau.

  22. Olá! Fiquei tão empolgada com os benefícios, que, mesmo sabendo que tudo em excesso é prejudicial, consumi crua e cozida, bastante espinafre por apenas dois dias. Foi o suficiente para passar muito mal e ir ao atendimento médico de urgência. Tive muita tonteira, logo depois comecei a vomitar muito. Minha pressão subiu muito. sensação horrível. Nenhuma explicação, senão o exagero de espinafre. Desde então,não consegui mais nem pensar em comer dela. Agora, resolvi pesquisar se realmente faz mal e fiquei chocada! Cuidado gente! Comam com moderação! Abraços.

  23. Obrigada pelo alerta do consumo espinafre.

Deixe um comentário

Required fields are marked *.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Lanternas do caminho

"O que for feito com a criança não durará apenas o instante imediato, mas a vida toda" Rudolf Steiner

The Phd Mama

A Parenting & Multicultural Lifestyle Blog

Âncora Sandubar

Rio Tavares, Florianópolis, Brasil

Espaço Cardamomo

O Cardamomo é uma sementinha aromática muito utilizada na culinária indiana, que além de dar um sabor especial aos pratos doces, possui propriedades terapêuticas que auxiliam na digestão, aumenta ojas (imunidade) e favorece o rejuvenescimento, experimente!

palavras de magno

um portal de opiniao entrevistas contos e tudo que tiver direito

Papacapim

desmistificando a culinária vegetal

Funny for Nothing

The world as I see it

It Girls Go Bad

Be "It" Darling!

Diariamente....

Todo dia uma mensagem para a Vida!

Flor e chá

Moda inclusiva, acessível e inspiradora

Paredes Móveis

Coisas do Cotidiano

Illustrated Bites

an illustrated food blog

Portfólio

Uma coleção de trabalhos jornalísticos

Finger, Fork & Knife

I'm Kate and Finger, Fork and Knife is where I record the recipes that excite, nourish and inspire me. I focus on wholesome, high-nutrition, home-cooked food - recipes that satisfy and delight. Welcome!

the amused bouche

real food · farm life · wanderlust adventures | santa barbara, california

%d blogueiros gostam disto: